sexta-feira, 22 de maio de 2009

Quem Vem Com Tudo Não Cansa recepciona secundaristas na 7ª edição do Conhecendo a UFRJ

Nos dias 20 e 21 de maio, a UFRJ recebeu 12.000 estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e particulares do Estado do Rio de Janeiro. Mais uma vez, o Movimento Quem Vem Com Tudo Não Cansa se organizou para recepcionar milhares de estudantes, participando da mesa de abertura, distribuindo panfletos e conversando sobre o Movimento Estudantil.

6 mil estudantes participam do primeiro dia do evento.


Na mesa de abertura do primeiro dia, o estudante Gabriel Marques apresentou a organização dos estudantes da UFRJ e problematizou a lógica perversa e meritocrática do vestibular: “Infelizmente, a maioria de vocês não irá além do “Conhecendo a UFRJ”. Precisamos discutir sobre a universalização do acesso à Universidade Pública e isso passa longe da proposta apressada do novo ENEM do Ministério da Educação”.

Veja o vídeo da fala do Gabriel: http://www.youtube.com/watch?v=JJEn9T8ulsA


Num contexto de crise estrutural do sistema capitalista, o panfleto apresentava a questão e nos dois dias abordamos esse debate. “A crise econômica de proporções internacionais tem gerado ataques aos estudantes e aos trabalhadores. Cortes de verbas para a Educação Pública e a restrição do direito à meia-entrada são conseqüências que precisam ser combatidas. Precisamos nos organizar para defendermos nossos direitos!”, explanou Gabriel, sendo aplaudido pelos milhares de estudantes presentes.

Além de convocar a juventude para o Congresso Nacional de Estudantes, Gabriel explicou a importância da mobilização contra a precarização da Educação promovida pelo Governo Lula/PT, como a Reforma Universitária e o REUNI. E destacou que a União Nacional dos Estudantes e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas não mais representam a juventude, pois estão comprometidas financeira e ideologicamente com as políticas governamentais.

No segundo dia, compuseram a mesa o Chefe de Gabinete da Reitoria João Eduardo, a pró-Reitora de Graduação Belkis Valdman, a pró-Reitora de Extensão Laura Tavares e os estudantes Gabriel Marques (Quem Vem Com Tudo Não Cansa) e Rafael Nunes (Não Vou Me Adaptar).

Vídeo do segundo dia: http://www.youtube.com/watch?v=4NDImXjWEOg



Mídia da UFRJ ignora participação estudantil na mesa de abertura


Depois da intervenção do Movimento Quem Vem Com Tudo Não Cansa ser ovacionada pelos presentes, o Reitor Aloísio Teixeira e a Pró-Reitora da Extensão Laura Tavares não puderam defender claramente o REUNI e a Reforma Universitária. A mídia da UFRJ, infelizmente, ignorou a participação calorosa, apresentando apenas a visão da Reitoria em seus veículos de comunicação. (http://www.ufrj.br/detalha_noticia.php?codnoticia=7561 ; http://www.webtv.ufrj.br/index.php?option=com_content&task=view&id=530&Itemid=98 ; http://www.webtv.ufrj.br/?option=com_content&task=view&id=532&Itemid=98 )


Campanha financeira para construir o novo Movimento Estudantil



“O Movimento Estudantil deve ser autônomo e independente de Reitorias, Direções e Governos. Os próprios estudantes devem financiar suas atividades e lutas! Por isso vendemos rifas e doces, para financiar nossos materiais e possibilitar nossa organização para defender os interesses estudantis”, afirmou Thiago Coqueiro, estudante de Educação Física.

A banca do Movimento Quem Vem Com Tudo Não Cansa recepcionou os estudantes secundaristas através de panfletos, distribuição de jornais, venda de doces deliciosos e rifa da camisa da chapa 4.



video

Maíra e Thiago sorteiam a rifa da camisa.



Thiago entrega o prêmio para a estudante do CAp-UERJ Julia Menezes.

Nenhum comentário: