sexta-feira, 28 de março de 2008

28 de março Dia Nacional dos Estudantes


No Rio de Janeiro, milhares de estudantes, com apoio do MST e de professores, foram às ruas do Centro para uma grande manifestação denunciando a continuidade do massacre de diversos jovens 40 anos após a morte de Edson Luís durante a Ditadura Militar. Grêmios Estudantis, Centros Acadêmicos, Diretórios Centrais dos Estudantes marcaram presença e fortalecerem a organização dos estudantes de luta, reivindicando o passe livre, a contrariedade ao Caveirão e denunciando as políticas homicidas de Lula, Cabral e César Maia. Na fala pelo Movimento Quem Vem Com Tudo Não Cansa, Gabriel Marques destacou que 'enquanto os trabalhadores e os estudantes de luta estão aqui, a União Nacional dos Estudantes realiza um ato pedindo mais verbas para o REUNI. Aqui ratificamos o NÃO ao REUNI, pois queremos a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade.' A fala da CONLUTE conclamou os estudantes para a construção de uma nova entidade estudantil. Na foto, ao final do ato em frente à ALERJ os estudantes Maíra, Gustavo 'Braço', Vivian, Gabriel, Luiz 'Monstro' e Carlos.

Um comentário:

Luiz disse...

Nas reportagens que vi estavam noticiando que o ato teve cerca de 3000 estudantes, com grande participação de estudantes secundaristas.
Acredito ser muito importante ressaltar o papel lamentavel que a UNE vem cumprindo hoje, papel esse de claro ataque aos estudantes! Na mesma sexta a UNE fez um ato laranja onde se encontrava algo em torno de 200 pessoas.
A UNE não serve mais pra gente, precisamos do NOVO, precisamos de uma nova entidade estudantil.
Pela realização de um Congresso estudantil ainda esse ano para a fundação de uma nova entidade!!
Luiz Carlos "Monstro"